Conhecido João

Está mais do que provado que entusiasmo é coisa que não falta aos membros da família Extended. Está-lhes nos genes, e isso é evidente em tudo o que fazem. Este é o universo do Conhecido João, é aqui que ele se move e é disto que ele é feito, mas se para melhor o entendermos tivéssemos de isolar apenas uma das suas dezenas de qualidades, facilmente chegaríamos a uma palavra: generosidade. Quem o conhece sabe do que falo, quem não conhece: vistam-se, calcem-se e ponham-se a caminho de onde ele estiver a tocar, porque a sua vontade de nos ter lá com ele é demasiado contagiante para ousarmos recusar. A avidez com que nos oferece música só é comparável à avidez com que a procura, com aquela atitude de quem só vai descansar quando ouvir toda – e quando digo toda, digo mesmo toda – a música do mundo. Dali vem luz, mas também escuridão, tal é a amplitude dos seus sets. E chegada a hora de ir para casa, apercebemo-nos que não foi só prazer, e que houve aqui mais qualquer coisa: elevou-nos. Música que acrescenta.
Apesar de não ser novato nenhum, estamos ainda a acompanhar a primeira fase de uma carreira que já se prevê para lá de enorme. E ninguém no seu perfeito juízo vai querer desviar o olhar do trajecto desse astro chamado Conhecido João, até porque vai saber tão bem ao ego dizer na rede social do futuro que, daqui a uns dez, vinte, trinta anos, estivemos lá quando este gajo começou. (texto de Ricardo Varela)